Dentro de mim mora um anjo
que me corta o espaço
que me prende em laços
de braços e abraços
e a noite chega manso
com seu pálido espanto
e meu amor no entanto
só pensa em te querer
querer te amar com loucura
e oferecer-te toda minha ternura.
Dentro de mim mora um anjo
não sei se de amor ou de fantasias
só sei que sem você
sou uma nuvem pálida
num céu sem estrelas
e sem esperanças tardias.


Autora: Regina - (RêLua)