Sou mulher de outono
Vario como o vento
Voo em meus pensamentos
Viajo em meus sonhos
Vivo...
O passado num momento

Sou mulher de outono
Triste é o meu cantar
Por meu amor que se perdeu
No fundo do teu olhar.


Autora: Regina Borges/RêLua