Sou pensadora errante,
Viajo por caminhos distantes
Meus olhos voltados para o horizonte
Esperando teu amor de ontem.

Sinto meu corpo tremer
Com o frio do inverno
Que traz a dor da saudade
E a tristeza do incerto

Da minha janela conto estrelas,
Entre nuvens a lua se esconde
Nas mãos vazias espero
Por você amor distante.!!!!


Autora: Regina - (RêLua)